Eita Sheik ciumento!

O Hawa Mahal, na Pinky City, permitia que as mulheres da corte observassem as ruas sem serem notadas.

Após cerca de duas semanas na Índia, finalmente fui fazer um programa turistão! Em um belo sábado de sol, alugamos um tuk-tuk e partimos pra Pinky City. O nome vem da pintura de seus prédios mais importantes.

A cidade rosada é um labirinto de bazares, lugares históricas e, claro, o trânsito maluco dessa terra, sobre o qual eu já contei aqui. O pedido do dia foi uma visita ao Hawa Mahal, uma construção de 1799, que leva a forma da coroa (mukut) de Krishna, deus Hindu.

O Hawa Mahal possui 953 janelas, que no passado, possibilitavam às mulheres da corte apreciarem a movimentação das ruas sem serem vistas. Ou seja, o cara tinha um harém e ainda era possessivo. Vou te falar, viu…

festivetours-banner-post