A busca

Uma alma Peregrina
um estado de busca constante
quer cama, só tem chão
água quente? Talvez não.

de todas as coisas que aprendemos na estrada
uma delas é esperar
Se aprende, aprende mesmo, eu não sei.

Porque até na espera tem uma busca
uma busca “não sei de quê”
mas que não cessa nem por reza

Quantos vipassanas pra acalmar esse coração?
Hum… sei não se isso tem jeito…
Mais uma dose, por favor
Só pra ver se acontece alguma coisa
Porque até na espera tem busca
quando a alma é Peregrina

Tanta sola gasta
Tanta poeira comida
Ai, tem comida!
e um banho quente, finalmente
e uma cama quase macia pra dormir

Essa noite não vou nem sonhar…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s